Você ainda acha que é besteira???

Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa

basta

O Estado de Alagoas e a cidade de Maceió obtiveram (em janeiro de 2009 e fim do ano de 2008, respectivamente) o ganho da Lei Estadual e Municipal de Combate à Intolerância Religiosa de Matriz Africana. O dia a ser comemorado no calendário civil de ambas as leis é o 02 de fevereiro. Neste dia houve um fato histórico ocorrido em nossa cidade em 1912 conhecido como o “QUEBRA DO XANGÔ”, quando uma milícia particular formada com intenções eleitoreiras decidiram não respeitar a cidadania da população e invadiram agressivamente os terreiros de Maceió, quebrando artefatos, humilhando os sacerdotes e sacerdotisas, destruindo espaços sagrados e levando um grande número de pessoas à morte, durante esta época as festas eram realizadas ao som de palmas. Contrapondo-se a esta ação realizamos o ato “Xangô Rezado Alto”, no qual nós, religiosos de matriz africana (com nossos axós e nossas contas no pescoço) e simpatizantes realizamos um cortejo pelas ruas de Maceió tocando nossos atabaques junto a grupos culturais afro clamando PAZ!

PROGRAMAÇÃO 2009

“Dia de Combate a Intolerância Religiosa de Matriz Africana”

17:00h – Concentração dos Religiosos e simpatizantes na praça 13 de Maio no poço (ao lado do SESC).
18:00h – Ato Religioso com entrega de flores em memória a todos que sofreram com o QUEBRA de 1912.
18:30 – Cortejo Afro Religioso em direção a Praça ao lado da Sinimbu.
19;00h – Entrega simbólica da lei por autoridades aos sacerdotes e sacerdotisas de matriz africana e fala dos gestores e representantes religiosos sobre a importância da lei.
20:00h – Canto de aclamação a Paz com a revoada de Pombos e plantio de muda de árvore sagrada.
20:30h – Apresentações culturais – Afoxé Odô Iyá, Orquestra de Tambores, Omim Morewá, Baque Alagoano, entre outros.

NOSSOS TAMBORES NÃO IRÃO SILENCIAR”

A legitimação do dia 02 de Fevereiro como Dia Municipal e Estadual de Combate à Intolerância Religiosa é resultado de uma articulação do Ponto de Cultura Quilombo Cultural dos Orixás, das Casas de Axé de Alagoas e Federações junto a gestores Municipais e Estaduais.

Informação que nos foi trazida por Luiza

Dê também uma olhada neste link:
Jornal iTeia
Imagem retirada daqui!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s