Eu e a faixa laranja

Quando eu entrei no Kung Fu, há quase um ano, tinha alguns objetivos em mente. Lógico que eu não tinha a mínima idéia do que ia me acontecer por lá, mas posso dizer que fui buscar algumas coisas ali, como: concentração, foco, disciplina, condicionamento físico, alguns quilos a menos e respeito. Sim, respeito, pois sei que muitas vezes falto com isso às pessoas.

E hoje, passado quase um ano, posso dizer que consegui muito mais do que fui buscar: equilíbrio físico, um pouco de coordenação motora, alguns amigos, o melhor namorado do mundo, auto-confiança e muitas coisas que passaria horas falando.
Sábado passado foi meu exame para a terceira fase, a faixa laranja. Agora terei muito mais defesas pessoais para aprender, muito mais chutes, mais um kati lindo (o que eu considero mais bonito dos katis iniciantes) e começarei a ter aulas de luta, de verdade e precisarei de muito mais preparação física. Mal posso esperar! Só mais uma fase, só uma faixa nova? Para muitos pode ser, mas para mim é bem mais do que isso. Foi todo um planejamento pessoal para que esse exame acontecesse, toda uma disciplina que tive que aprender, todo um condicionamento que eu não tinha e me forcei a ter, todo um treino programado há alguns meses (desde janeiro estava me preparando). Eu me pus essa meta e ralei muito para conseguir, com direito àquele friozinho na barriga momentos antes de ter minha aprovação para o exame, achando que não fosse rolar. E esses últimos meses  foram de um grande aprendizado pessoal.

Acima de tudo, eu aprendi o que é ter um mestre. A maioria das pessoas entra na academia quase que reverenciando o mestre local, mas eu nunca tive esse perfil. No início era um professor e eu o respeitava como tal. Com o tempo a gente vai conhecendo as pessoas e as pessoas merecem respeito quando ouvem algumas palavras nossas mais ríspidas com humildade. Mas foi na minha aula de avaliação pro exame que ele me cativou: sabendo que eu ficava nervosa com a presença dele e errava em alguns momentos mesmo sabendo toda a “matéria” de cor, aquele homem ficou me observando, no fundo da academia, de rabo de olho, escondidinho, achando que eu não o via, só para que eu me sentisse mais à vontade. Ele precisava fazer isso? Não… ele é o dono da escola e o sifu, temido por tantos, idolatrado por tantos outros. E eu sou só uma pequena mensalidade da mais comum, da mais barata. Ele poderia pouco se importar com o meu nervoso, mas me avaliou ali escondidinho, com um gesto tão simples, honroso e bonito. E depois de ver minha liberação pro exame, fiquei feliz da vida e fui agradecê-lo. Aquele homem realmente merece meu respeito, meu mestre sifu De Paula. =]

“]minha cara de criança. =]

minha cara de criança. =

Anúncios

5 comentários sobre “Eu e a faixa laranja

  1. que lindo o que você escreveu, flor!! eu, que sempre tive uma super admiração por artes marciais, virei ainda mais fã. que legal que o kung fu te trouxe tudo isso, embora na verdade acho que ele só tenha despertado essas coisas todas que já estavam dentro de você. vi suas fotos no orkut, tudo lindo, lindo, lindo!! parabéns!!

  2. q post lindo! deu até um arrepio, sabe? =P
    parabéns pelo kung fu, pela faixa laranja e por tudo q vc aprendeu!! beijos!
    (te linkei para facilitar minhas visitas no seu blog.. ok?)

  3. Renata disse:

    Oi,

    não te conheço, nem sei seu nome mas estava dando uma volta na internet alguns dias antes do meu exame para a faixa laranja ( tb Choy Lay Fut )e me deparei com seu blog. Adorei! Parabéns !

  4. Fábio disse:

    Oi,

    Comecei no kung fu agora (tb Choy Lay Fut), praticamente os mesmos objetivos que os seus, os mesmos pensamentos.

    Me identifiquei muito com seu post. Não quero lutas, campeonatos, enfim… Talvez como diria o Sr. Miaguy no Karatê Kid… rs… “Aprendi karatê para não ter que lutar”… Tô louco para aprender os katis, mas to aprendendo e conseguindo ter paciência…

    Em duas semanas, muita coisa já mudou para mim. Além de ter encontrado pessoas fantásticas, os mestres, instrutores, etc, todos muito tranquilos, dispostos, sem arrogancia, enfim… Não vejo a hora de chegar minha próxima aula!!! =p

    E parabéns!!! Lindo post!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s