Das coisas velhas

Dia desses umas pessoas que conhecia resolveram montar comunidades para venderem aquilo que não usavam mais. E notei que isso cresceu bastante ultimante. As pessoas colocam lá fotos dos perfumes pela metade, os sapatos que sempre “mal tiraram da caixa”, etc e tal. Existe até um blog super mega hype do mal, onde se encontram coisas caríssimas importadas que alguma patricinha se cansou.
Mas o que me deixa abobada é o fato das pessoas venderem as coisas velhas pelo mesmo preço de uma nova. Ou mais caro, juro.
Já vi alguns casos onde o sapato custava, por exemplo, 30 reais e a pessoa na maior cara de pau vendia pela bagatela de “40 reais + frete”.
Como tem gente que compra essas coisas sem pesquisar, meu povo?
Eu já tenho o pé atrás com a minha revendedora da Avon/Natura que sempre tenta empurrar aquela mercadoria que ficou encalhada, quem dirá com um troço desses?

Anúncios

3 comentários sobre “Das coisas velhas

  1. hahahahhahahahah… brechó online ainda tem um agravante… vc não tá vendo a mercadoria. Aí compra a blusa e quando ela chega em casa descobre que tem um buraco nas costas, a sandalia tá com a tira descolando e o perfume passou da validade. hahahahahahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s