Última máxima da minha mãe

Na semana passada: “E ai eu fui no quintal e o cachorro estava lá esticado entre um bloco e outro. Fui ver de perto, e ele não se mexia, e os outros cachorros ficavam em volta olhando o que acontecia. Pensei: Putz, o cachorro tá morrendo. Dai eu peguei uma vassoura e fui varrer o quintal, pra não ver o cachorro morrer”.

Essa é minha mãe. E não, o cachorro não morreu. Ele só anda tendo uns trecos estranhos ultimamente.

Anúncios

Um comentário sobre “Última máxima da minha mãe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s