Sobre um ritual

“Um ritual é uma arte. Independente de como o criemos – de forma delicada ou despojada, abstrato ou vívido de símbolos, com versos ou através de pinturas corporais – um ritual sempre oferece-nos a oportunidade de fazer uma pausa em meio as nossas atribuladas vidas, para que possamos olhar para nós mesmos. Através de um ritual, podemos compreender para onde vamos e em que ponto estamos no trajeto de nossa existência; podemos também reconhecer o quão belo é nosso mundo, e quão maravilhosa pode ser nossa vida.” [Emma Restall Orr, em “Ritual”]

Minha vida é repleta de rituais. Desde os pequenos de todos os dias, como os grandes ritos de passagem. Os considero de muita importância.

É um ritual o prazer de inserir um símbolo no seu corpo. Diversas vezes já sonhei que estava fazendo uma tatuagem e acordava chateada, quando via que era só um sonho. É precioso, importante, complexo demais se marcar, pra sempre. E quem gosta, sabe o quanto é necessário vez ou outra passar por esse ritual. É uma sensação prazerosa indescritível.

E entre várias tags está o meu presente de aniversário que eu me dei, um misto de ritual, um sinal de passagem, decoração do corpo (consequentemente da alma), símbolo da minha fé, lembrete constante. O caminho que deve ser seguido, sempre.

Provavelmente será minha marca de maior simbologia e a mais complexa também. E a mais simples.

Anúncios

Um comentário sobre “Sobre um ritual

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s