A saga da bolinha

– Mãe, ganhei a bolinha amarela! Logo serei liberada para exame no kung fu.
… depois de alguns minutos…
– Mas você deixa essa bolinha na academia? Cadê essa bolinha?
– Não, mãe. É um adesivo pequeno de papel que é colado na nossa ficha de treino. Significa que estão nos avaliando e que estamos quase prontos para o exame. Quando chegamos no ponto, é colocada a bolinha verde.
– Ah, fiquei imaginando que você já deveria ter um monte de bolinha dessa dai guardada!

Ainda vou escrever uma tese antropológica sobre a metafísica da bolinha (psicologia é para os fracos!).
Pouca gente admite, muita gente fica fascinado pela bolinha.
É um assunto comum as pessoas comentarem sobre o raio da bolinha: “Cadê minha bolinha?”, “Não ganho bolinha”, “Estão regulando minha bolinha”, “Não, ainda está cedo demais pra ganhar a bolinha”, “Ganhei bolinha, yupiiiiiiiiiiiiiii”.

O fato é que a gente que entende da bolinha, parece um bando de louco. Mas eu aguardo ansiosamente a bolinha verde. =D

Anúncios

2 comentários sobre “A saga da bolinha

  1. Ana disse:

    Sinceramente, sijeh, eu ando muito feliz sem bolinha e assim quero continuar. A amarela me deixa estressadíssima porque significa que estou sendo mais observada do que o normal. A verde então me deixa com taquicardia… Acredito que ficarei para sempre na faixa jade, estou tããããão feliz nela! Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s